2014 © Sistema 3 | Rua Barbosa Lima, 278 - Centro - (32) 3212-6496  - Juiz de Fora - MG

Sei inglês, mas não consigo falar. O que fazer?

April 11, 2018

Você já passou por alguma situação em que conseguiu entender uma pessoa falando inglês mesmo se considerando alguém que não sabe falar? Ou, ao assistir filmes, você percebe que consegue compreender algumas falas dos personagens?

 

 

 

E quando o assunto é falar inglês, como você se sai?

É muito comum que estudantes de outros idiomas consigam compreender o que é falado, ao mesmo tempo em que não conseguem falar praticamente nada ou falam, mas sentem muita dificuldade! Como isso é possível?

 

Quando estudamos outro idioma, há diversos fatores envolvidos no nosso aprendizado. Além de entrarmos em contato com outra língua, também conhecemos outra cultura e isso significa lidar com muita novidade ao mesmo tempo! Mas calma, vou te explicar como as coisas funcionam!

Basicamente, ao aprendermos outra língua passamos pelo desenvolvimento de quatro habilidades: ler, escrever, escutar e falar. De acordo com a individualidade de cada aluno, suas experiências de vida e suas experiências com o idioma propriamente dito, o nível de desenvolvimento dessas habilidades vai variar.

 

Para entender o que quero dizer, primeiramente você tem que saber que é possível ser fluente em um idioma de várias maneiras. Isso significa que você pode ter mais habilidade com leitura enquanto um amigo seu tem ótima escrita, ou que você é ótimo na compreensão, mas “trava” na hora de falar.

 

À medida que você se dedica ao estudo do inglês, as quatro habilidades citadas acima serão desenvolvidas, mas não todas na mesma velocidade! Pense em como as crianças aprendem a falar: primeiramente elas recebem muito input (que é tudo o que elas escutam, toda informação que obtêm), para só depois de alguns meses começarem a gerar output, ou seja, começarem a produzir as próprias falas.

 

Então, para que você comece a falar, assim como acontece com as crianças, você precisa receber muito input. É a partir de toda a informação que você absorve, que você será capaz de começar a desenvolver sua habilidade de fala.

 

Isso significa que se você começou a estudar há pouco tempo, é normal que você não consiga falar tão bem quanto compreender ou que consiga falar com dificuldade. Por outro lado, se você já tem alguns anos de estudo e mesmo assim não consegue falar, é possível que o que esteja te atrapalhando seja timidez e insegurança. Por isso, é importante que sua atitude em relação ao idioma seja positiva e que você sempre se esforce para melhorar o nível em que se encontra.

 

A minha dica para que você exercite sua habilidade de falar inglês é, portanto, aumentar seu contato com a língua. Isso pode ser feito através de filmes, séries, leitura de jornais ou mesmo conversando com alguém que você conhece e que sabe falar inglês. Quanto mais input você tiver, maiores são suas chances de finalmente começar a falar! Veja aqui algumas dicas dos nosso professores para manter o contato com a língua.

 

Agora que você já sabe como aumentar o input, é preciso exercitar o output. Você pode fazer isso de diversas maneiras e encontrar aquelas que você mais gosta e acha que funcionam melhor. Tente, a partir de agora, pensar em inglês! Quando estiver em um restaurante, por exemplo, imagine como você faria seu pedido em inglês. Em algum momento do seu dia, escreva, em inglês, o que você comeu no café da manhã e o que pretende comer no jantar (assim você treina passado e futuro!). Se você gosta de música, tente não só entender a letra, mas também aprender a cantá-la! Ou seja, crie oportunidades em diferentes contextos para usar o seu conhecimento.

 

 

Usando essas dicas, você com certeza vai acelerar o seu inglês!

 

Quer fazer um orçamento com a gente? Clique AQUI.

 

 

 

 

Ágata Avelar

Professora de inglês

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Bem-vindos ao blog S3!

January 24, 2017

1/1
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square